The Latest

Sep 30, 2014

"Quando a gente decidiu ficar junto eu entendi que era amor. Aprendi com você o que nenhum outro cara me ensinou em relacionamentos de horas ou anos. Você foi cotidiano quando eu queria planos. Foi paciência quando eu gritava ansiedade. Foi chocolate em dias ruins. Foi homem quando eu agi como menina. Foi amigo quando o choro caia. Foi amor quando eu achei que era amizade. Você me amou muito antes. Você me quis sem eu nem imaginar que era você. Você me apresentou a linha do horizonte e disse que dividir isso com alguém era especial."

Sep 28, 2014

O pior tipo de amor é o que a gente cria.

Continuava com a sensação de estar cercado por um grande espaço em branco, um vazio. Havia sempre uma sombra de náusea em meu estômago.
Charles Bukowski.   (via thiaramacedo)

(via thiaramacedo)

Sep 20, 2014 / 2,475 notes
Sabe, no fundo eu sou um sentimental. Todos nós herdamos no sangue lusitano uma boa dosagem de lirismo. Mesmo quando as minhas mãos estão ocupadas em torturar, esganar, trucidar, o meu coração fecha os olhos e sinceramente chora.
Chico Buarque.   (via thiaramacedo)

(via thiaramacedo)

Sep 20, 2014 / 6,091 notes
Eu precisava tirar uma folga… de mim mesma.
Os 13 Porquês.  (via acrescentada)

(via acrescentada)

Sep 18, 2014 / 29,588 notes
Eu espero alguém que não desista de mim mesmo quando já não tem interesse. Espero alguém que não me torture com promessas de envelhecer comigo, que realmente envelheça comigo. Espero alguém que me ensine a me amar porque a separação apenas vem me ensinando a me destruir. Espero alguém que me torne novamente necessário.
Fabrício Carpinejar. (via alentador)

(via alentador)

Sep 18, 2014 / 11,515 notes
Ninguém nunca soube do meu medo de nadar em lugares muito profundos, de amar demais, de se perder um pouco de tanto amar, de não ser boa o suficiente. Ninguém nunca viu meu corpo de verdade, minha alma de verdade, meu prazer de verdade, meu choro baixinho embaixo da coberta com medo de não ser bonita e inteligente.
Tati Bernardi.   (via velejo)

(via velejo)

Sep 18, 2014 / 11,911 notes
Pior do que doer, é não sentir nada. É isso. Eu não consigo sentir mais nada. Um vazio aqui dentro sabe? Não sei mais o que sentir, esqueci como se sente o amor, e até mesmo a falta dele.
Anonymous.  (via velejo)

(via velejo)

Sep 18, 2014 / 8,197 notes
Sep 17, 2014

Queria que algum canto do mundo me acolhesse. E me abraçasse e dissesse que tudo bem, tudo bem de vez em quando eu perder assim a razão ou o equilíbrio. Eu queria que existisse um canto do mundo que nunca me dissesse “hey, você se expõe demais” e que me deixasse ser assim e apenas me deixasse ficar quietinha e quente quando o mundo resolvesse me magoar, porque eu sou briguenta, mas sou mais sensível que maria-mole na frigideira.
— Tati Bernardi

Eu tenho medo de deixar de ser filho, de deixar de ser amigo, de deixar de ser menino, de deixar de ser estranho, de deixar de ser sozinho, de deixar de ser triste, de deixar de ser cínico. Eu tenho muito medo de deixar de ser.
Tati Bernardi.  (via alentador)

(via alentador)

Sep 11, 2014 / 18,172 notes